Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Juvir Costella promete fim dos acessos de chão batido

Antes mesmo da posse do governador Eduardo Leite (PSDB), o deputado estadual reeleito Juvir Costella (MDB) já trabalha visando sua recondução à Secretaria de Logística e Transportes, anunciada no final da semana passada. O futuro secretário elenca como prioridade da próxima gestão os acessos asfálticos aos municípios. “A meta é sempre ter 100% das estradas asfaltadas, mas queremos ter, no mínimo, 80% delas concluídas até o final do mandato”, explica Costella. Ele esteve reunido nesta terça-feira com o atual titular da pasta Luiz Gustavo de Souza, que assumiu a função após a saída do emedebista para concorrer. Na oportunidade, Costella elogiou o fato de as obras terem sido mantidas pelo seu sucessor.

Conforme o deputado estadual, de 62 municípios, 14 tiveram o asfaltamento concluído e 16 estão em obras, sendo alguns em estágio avançado. Há ainda 14 acessos na dependência de trâmites burocráticos para o início e outros 18 em estágio de “reequilíbrio de projetos” e ainda não licitados.

Costella é cauteloso quanto a projetar a totalidade das obras concluídas e cita como entraves situações como do município de Garruchos, nas Missões, que tem destaque no cultivo de soja, e a maior demanda em extensão entre aqueles municípios que carecem de acesso asfáltico. São 62 quilômetros de estrada de chão. O secretário que assume no próximo domingo tem uma previsão orçamentária de R$ 130 milhões somente para essa obra.

As conclusões dos acessos a Cerrito, no sul; Ponte Preta, no Norte; e de Coqueiro Baixo e Nova Bréscia, no Vale do Taquari, deverão ser as primeiras a serem concluídas na próxima gestão. Embora haja trechos “99% prontos”, Costella diz que só considera concluídas as estradas onde, além do asfalto, a sinalização, com placas e pintura na pista, esteja finalizada.

As conclusões dos acessos a Cerrito, no sul; Ponte Preta, no Norte; e de Coqueiro Baixo e Nova Bréscia, no Vale do Taquari, deverão ser as primeiras a serem concluídas na próxima gestão. Embora haja trechos “99% prontos”, Costella diz que só considera concluídas as estradas onde, além do asfalto, a sinalização, com placas e pintura na pista, esteja finalizada.

Santo Expedito e Tupanci do Sul estão em fase de atualização de projetos.

Correio do Povo

Deixe seu comentário:

OFERTAS

Tempo

Curta no Facebook